quarta-feira, 16 de julho de 2014

É devido porque é o que sinto ter que ser


Ser mãe para mim sempre foi um sonho… queria muito ser mãe, e a Matilde veio muito por isso, por eu querer muito sentir um amor maior… daqueles que falam que acontece assim que os olhos da nossa cria encontram os nossos… ou antes ainda no momento em que sentimos aquele chorar primeiro… mas eu acho que é antes ainda, e isto talvez ocorra quando se quer mesmo muito um filho, no momento da primeiro visionamento do serzinho na ecografia a mexer… sim, porque uma mãe de primeira viagem não sabe bem o que é aquilo que sente ao fundinho da barriga J apesar de tooooooda a gente dizer que é o bebé ou cólicas ou o camandro J
Não, no momento em que vi a Matildinha soube o que era amar incondicionalmente, soube que o morrer de amores… era aquilo J, era saber que a partir daquele momento dás a tua vida por aquele serzinho lindo que ali estás a fazer crescer J no forninho que é a tua barriga… e eu tive muito medo, penso até que foi a primeira vez que soube o que era medo com consciência, medo de perder aquela minha cria que eu queria tanto, porque já tinha perdido antes e sabia o que doía, mesmo sem a ver mexer… mas doía e muito… por isso foi uma gravidez cheia de cuidados… mas muitos mimos da mamã que só queria que estivesse bem a sua cria… tornei-me mais certa do que queria para o futuro e demorou a tomar algumas decisões difíceis, mas sem dúvida que as tomei todas a pensar nela, naquela parte de mim linda.
E ser mãe sempre tinha sido para mim um sonho sim… e realizei-o não naquele dia 02 de Agosto de 2010 mas quando a senti a primeira vez, assim que ela nasceu… senti um alivio tãaaao grande por ela ser perfeitinha e estar bem (a cesariana foi de urgência por sofrimento fetal agudo e por isso estava aflita) e foi ver crescer o amor que tinha por ela, alguém que conhecia há dias, mas que fazia mais parte de mim do que eu própria….
Era um sonho e realizei-o, e muito feliz por tê-la fiquei, como não sabia ser possível ser e desde esse dia sempre foi um sentir de mais um coração a bater no peito, mas fora dele!
Desde o dia que soube que a minha avó materna teve gémeos, mas que há 50 e tantos anos a medicina não era tão avançada e por isso não sobreviveram à prematuridade, o meu sonho era…. SER MÃE DE GÉMEOS… eu sei que parece maluquice, mas não é… era um sonho…, sonho esse que depois da Matildinha e do fim da estória com o papá dela pensei que não ia realizar-se… naquele momento só queria viver para ela e para mim e mais nadinha de nada… e ia ser feliz na mesma… mas re-encontrei quem um dia amei mais que a mim mesma… adolescente e doidinha por ele J e foi com ele que realizei este outro sonho de menina.. ser mãe de gémeos.. neste caso gémeas J
Ser mãe de gémeas é… como dizer… extenuante? stressante? Nãaaaa! É maravilhoso, é fantástico, é lindo… é também stressante e extenuante, é… estava a florear a coisa hehehehe, é tudo isso, mas o bom… O BOM É BOM DEMAIS… e ter a Matildinha, ainda que menos do que pretendíamos a fazer parte deste crescimento é muito mais lindo ainda….
Mas mais do que isso, ter ao nosso lado um companheirão que não se nega a nada no que toca à sua prole… é de uma segurança emocional que não vos consigo explicar… eu sei que não somos o casal perfeito e que também damos cabeçadas, mas sinto que nos fazemos um ao outro melhores pessoas J melhores pais melhores em tudo…
Ser mãe de tantas meninas é maravilhoso e vou iniciar pelo menos uma vez por semana um tópico em que falo do melhor da semana de ser mãe deste trio de metralhas e também da maior… de quem não falo muito para não invadir a privacidade da adolescente da casa J LOLOL mas que está no meu coração também…

Adoro ser mãe e mais ainda com este pai!!!

2 comentários:

  1. Que lindo Té... Nota-se mesmo que adoras ser mãe e essa aventura de ter gémeos é mesmo uma aventura!!!
    O vosso amor é à prova de bala por isso tem tudo para dar certo ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma aventura numa montanha russa :) hehehehe mas é muiiiiiiiiiiito fixe :)
      UI... sabes os coletes Kevlar (acho que é assim que se chama, se não for o papa vem JÁ JÁ corrigir LOL) temos uns dentro do peito

      Eliminar